Suculenta rabo de burro (Sedum burrito): como cultivar essa planta pendente e charmosa

Suculenta rabo de burro (Sedum burrito): como cultivar essa planta pendente e charmosa

A a suculenta rabo de burro (Sedum burrito), é uma espécie que se destaca por suas hastes longas e repletas de folhas cilíndricas e carnudas, que criam um efeito cascata encantador. Ela é ideal para ser cultivada em vasos suspensos, tanto em ambientes internos quanto externos, pois traz vida e cor para o seu lar.

Anúncios

Além disso, ela é uma planta de fácil cultivo, que exige poucos cuidados e é resistente à seca. Neste artigo, vamos te contar tudo sobre a suculenta rabo de burro, desde a sua origem, características, diferenças com outras espécies parecidas, até as dicas de como cuidar dela.
Imagem: jardimdatere

Origem e características da suculenta rabo de burro

A suculenta rabo de burro (Sedum burrito), é uma espécie nativa do México, que pertence à família Crassulaceae e pode ser popularmente conhecida como rabo de cavalo, arroz de rato, bananinha ou dedo de burro.

Suculenta rabo de burro (Sedum burrito): como cultivar essa planta pendente e charmosa
Imagem: sun_nice_succulents

Perene e herbácea, a suculenta rabo de burro pode alcançar até 1 metro de comprimento, desenvolvendo folhas verdes, macias, pontudas e possuem uma camada cerosa que as protege da perda de água, crescendo em espiral ao longo das hastes.

Anúncios

Espécies de suculentas parecidas

Erroneamente, a rabo de burro (Sedum burrito), é popularmente confundida e até mesmo chamada por suculenta dedinho de moça (Sedum morganianum). Contudo, por mais parecidas que elas sejam, são espécies diferentes.

Como cuidar da suculenta rabo de burro?

Ideal para jardineiros pouco experientes ou para quem não possui muito tempo durante o dia, essa suculenta é uma variedade que não exige muitos cuidados, necessitando apenas de alguns cuidados para se desenvolver e ficar encantadora.

Luz e temperatura

A suculenta rabo de burro gosta de receber luz solar direta, mas não em excesso. Por isso, a paisagista Nô Figueiredo recomenda que ela fique em um ambiente bem iluminado, onde ela possa receber cerca de 4 horas de sol por dia, preferencialmente o sol fraco da manhã ou o sol fraco do final da tarde.

Anúncios

Substrato e vaso

Para evitar o acúmulo de água, Nô Figueiredo recomenda que a suculenta seja cultivada em um substrato fértil e bem drenado, que pode ser comprado pronto para suculentas ou feito em casa com terra, húmus e areia.

Suculenta rabo de burro (Sedum burrito): como cultivar essa planta pendente e charmosa

Quanto ao vaso, o ideal é que ele tenha orifícios na base, para escoar o excesso de água, e ser firme e leve, pois a planta tende a ficar pesada. Aliás, o vaso deve ficar pendurado, para que as hastes possam se espalhar e criar um efeito de cascata.

Rega e adubação

A suculenta rabo de burro tem a capacidade de reter água nas suas folhas, por isso, ela não demanda muita água. A dica é regar apenas quando o substrato estiver totalmente seco, o que pode mudar de acordo com o tempo e a época do ano.

Anúncios

Para checar a umidade do substrato, você pode usar um palito de madeira ou o famoso “dedômetro”. Se ao checar o palito, ou o dedo, sair limpo ou seco, é hora de regar. Se sair úmido ou sujo, é melhor aguardar mais um pouco. Uma dia, é fazer a rega de forma suave, sem encharcar o substrato, e preferencialmente na parte da manhã ou no final da tarde.

Veja Também