Orquídea Cymbidium aloifolium: características +4 cuidados para florir.

Suzana Machado

Updated on:

Orquidea cymbidium olifolium

Com longas hastes florais e repletas de flores pequenas e delicadas nas mais variadas cores, a orquídea Cymbidium aloifolium é uma espécie de Cymbidium, nativa da Ásia, que normalmente é adquirida somente de produtores especializados que possuem orquidários de confiança.

Anúncios

Segundo Fernando Chusca, do canal Orquifanáticos, diferente de outros cymbidiuns, que soltam sua haste floral para cima, essa espécie em especial desenvolve sua haste floral de forma pendente, normalmente a baixo de suas folhas.
Imagem: Meghalaya Orchid Species (@monkeyclaws_orchids)

Características

O biólogo Sergio Oyama, especialista no cultivo de orquídeas do blog orquideasnoap, explica que ao contrário de outras variedades de Cymbidium, a espécie Cymbidium aloifolium se caracteriza por sua haste pendente composta por pequenas flores.

Orquidea cymbidium aloifolium

Imagem: Josué Ávila Molina (@kurukcr) – Orquídea cymbidium aloifolium em vaso

Por mais que suas flores não sejam tão exuberantes como a de outras espécies de orquídea cymbidium híbridas, ainda assim ela consegue destacar os ambientes com seu encanto.

Anúncios

Como cultivar a Orquídea Cymbidium aloifolium

1- Luminosidade

Sergio Oyama, orienta que a orquídea Cymbidium aloifolium não necessita de uma luminosidade intensa, exposta a luz direta do sol por muitas horas, para que consiga se desenvolver.

orquidea cymbidium aloifolium

Imagem: Falab Shanerin (@fshanerin)

Ela pode se adaptar muito bem em ambientes de meia sombra, tolerando receber apenas a luz direta do sol no início da manhã e do final da tarde. Aliás, a exposição correta dessa espécie de orquídea a luz do sol, contribui para o surgimento de suas flores.

Anúncios

2- Substrato recomendado

Sergio Oyama, explica que é importante que o substrato onde a orquídea Cymbidium aloifolium for cultivada seja bem drenado e composto por casca de pinus, fibra de coco e carvão vegetal. Afinal, as raízes dessa espécie são habituadas a ter contato direto com madeira em decomposição.

3- Regas

Fernando Chusca, orienta que as regas sejam controladas, para que a Cymbidium aloifolium se mantenha em um substrato sempre úmido, sem exagerar na quantidade água fornecida entre as regas, para que não aconteça o apodrecimento de suas raízes.

Anúncios

4- Adubação

Quanto a adubação do Cymbidium aloifolium, ela pode ser realizada tanto com fertilizantes inorgânicos, como por adubos orgânicos. Sergio Oyama, por exemplo, utilizada uma combinação de fórmulas do tipo NPK.

Anúncios

Na fase de desenvolvimento dos pseudobulbos, ele aplica uma fórmula com níveis de NPK equilibrados. Já para estimular sua floração, é possível aplicar um fórmula com mais concentração de fósforo.

Veja também

1 comentário em “Orquídea Cymbidium aloifolium: características +4 cuidados para florir.”

Deixe um comentário