Cipó de São João (Pyrostegia venusta): curiosidades +4 dicas para o seu cultivo.

Suzana Machado

Updated on:

Cipó de São João

Muito cultivado em pergolados com flores e jardins, o cipó de São João ou flor de São João (Pyrostegia venusta), é uma trepadeira de fácil cultivo e adaptação, muito comum de ser encontrada em diversas regiões do Brasil.

Anúncios

Para a especialista em plantas Ariela Maia, o cipó de São João se destaca por suas flores vistosas com uma coloração alaranjada. Curioso, que o nome que a trepadeira é chamada, indicando justamente o período em que ela costuma desenvolver suas flores, por ser na época de festa de junina.
Imagem: consuelomourao

Características do cipó de São João

Assim como outras espécies de trepadeiras, o cipó de São João é caracterizado por suas inflorescências bastante vistosas, repleta de flores de cor alaranjada que se abrem ao mesmo tempo.

Cipó de São João
Imagem: pacha.mamasuculentas

Sua floração, ocorre sempre próxima do período junino e se estende até setembro.

Anúncios

Como cultivar o cipó de São João?

1- Clima recomendado

Por ser uma planta nativa de regiões tropicais e subtropicais, o ideal é que a flor de São João seja cultivada em regiões onde o clima seja mais quente, onde não fiquem expostas a temperaturas inferiores a 5°C.

2- Solo

Uma das vantagens do cipó de São João, é que ele pode se desenvolver muito bem na maioria dos tipos de solo, desde que eles sejam bem drenados e enriquecidos com matéria orgânica.

Anúncios

3- Exposição a luz do sol

Um ponto importante para que o cipó de São João se desenvolva corretamente, está na devida exposição a luz do sol. Por isso, cuide para que ela seja cultivada em um ambiente bem iluminado, onde possa receber a luz direta do sol na maior parte dos dias.

4- Frequência das regas

Por mais que o cipó de São João seja resistente a períodos de seca, é recomendado que ele seja cultivado em um solo levemente úmido, principalmente durante sua época de floração.

Cipo de são joão
Imagem: margaretczelusniak

Cuide apenas para não exagerar na doses de água durante as regas, para evitar o acúmulo de água nas suas raízes, já que pode comprometer o seu crescimento.

Veja também

Deixe um comentário