Mini espada-de-São-Jorge: 3 dicas para o cultivo em ambientes internos e pequenos.

Suzana Machado

Updated on:

Mini espada-de-são-jorge

Nativa de regiões africanas, a mini espada-de-São-Jorge (Sansevieria trifasciata Hahnii(anã), assim como sua versão maior e mais tradicional, também é uma ótima opção de planta para ser cultivada em ambientes internos, mesmo sendo pequenos.

Anúncios

Além da facilidade para ser cultivada, a mini espada-de-São-Jorge se destaca por sua capacidade de ajudar na purificação do ambiente, eliminando substância nocivas a nossa saúde que estejam pelo ar do ambiente onde estão sendo cultivadas.
Imagem: casitaverde by Infantini (@nacasitaverde)

Como cultivar a mini espada-de-São-Jorge?

Podendo atingir cerca de 15 a 20 cm, ela se caracteriza por um amarelado na região de fora da planta, na vertical, e coloração esverdeada na horizontal, que são curtas e mais largas que a espada tradicional

Mini espada-de-são-jorge

Imagem: Atelie Art Verde (@atelie_art_verde) – Cultivo da espada-de-São-Jorge mini em kokedama

É considerada uma ótima para iniciantes na jardinagem, que não possuem muita experiência com o cultivo de plantas. Ainda é muito resistente e requer pouquíssima manutenção, podendo ser cultivada em ambientes com mais ou menos exposição a luz direta do sol.

Anúncios

1- Substrato recomendado

Para que se desenvolva corretamente, o canal Plantas Em Vasos recomenda que o substrato seja composto por partes de areia com folhas secas e esterco de animais curtido, na proporção 2:1, um pouco de cinzas, em um vaso com furos preparado com argila expandida ao fundo.

Anúncios

2- Exposição a luz do sol

mini espada-de-sao-jorge

Imagem: Amor em Planta ❤️ 🪴 (@amoremplanta_)

A mini espada-de-São-Jorge pode ir bem tanto em ambientes com mais exposição a luz do sol, quanto em ambientes com menor exposição a luz do sol. Por isso, você pode cultivar a planta em ambientes internos que possuam uma janela próxima.

Anúncios

3- Regas

Assim como algumas espécies de suculentas, a espada-de-São-Jorge mini não demanda de regas frequentes. As regas devem ser feitas somente quando o substrato já estiver seco, devendo apenas deixa-lo umedecido.

Veja também

1 comentário em “Mini espada-de-São-Jorge: 3 dicas para o cultivo em ambientes internos e pequenos.”

Deixe um comentário