Lantana: características, principais espécies +3 dicas para o cultivo.

Suzana Machado

Lantana

Nativa de regiões mais quentes da América do Sul e América Central, a lantana é um gênero composto por mais de 100 espécies de arbustos. Perenes, as espécies de lantanas são apreciadas pela coloração exuberante da sua floração, além do aroma bem característicos que podem exalar.

Anúncios

Em algumas regiões do Brasil, o arbusto com lindas flores também pode ser conhecido como camará ou cambará lantana, sendo muito popular pelo colorido que proporcionar ao ambiente onde está sendo cultivado.
Imagem: geeceae

Características da lantana

Característico por suas folhas perenes, que se mantem verdinhas durante o ano todo, elas possuem um aspecto oval, com margem dentada, faces ásperas e uma espécie de “pelo” nos dois lados da face.

lantana branca

Imagem: butterflymatthias – Flores da L. involucrata

Já as flores da lantana, podem se desenvolver em diversas cores, dependendo da espécie cultivada do gênero. A L. involucrata, por exemplo, possui flores brancas.

lantana

Imagem: smithsgardentown – Flores da espécie L. horrida

A L. horrida, por sua vez, apresenta flores com um tom avermelhada, laranja, amarelo ou roxo.

Anúncios

Floração

Dependendo dos cuidados durante o cultivo, a lantana deverá ter sua floração na primavera, podendo durar até o início do outono.

Como cultivar a Lantana?

Um dos pontos positivos do cultivo da lantana, é que ela não são muito exigentes. A florista Nô Figueiredo, recomenda que a planta seja cultivada em vasos e jardineiras como planta pendente, cobrindo canteiros ou ao longo de muretas e caminhos.

lantana amarela

Imagem: takatakabaaba – Espécie L. horrida

Contudo, devem ser seguidos alguns cuidados para que desenvolva corretamente suas flores.

1- Substrato

Não se preocupe muito com o substrato utilizado no cultivo da lantana. De um modo geral, as espécies se dão bem em qualquer tipo de solo.

Anúncios

Se você quiser apenas promover um maior florescimento, poderá aplicar algum adubo NPK 20-20-20 a cada 3 meses, conforme orientações do fabricante.

2- Exposição a luz do sol

O ponto mais importante no cultivo das variedades do gênero, está na correta exposição das espécies a luz do sol.

lantana

Imagem: kashimashi_panties

O ideal, é que ela seja cultivada em um ambiente onde possa receber bastante luz direta do sol. Quanto mais sol ela receber, mais flores irá produzir.

Anúncios

3- Regas

Dependendo da região, somente as chuvas recebidas na região já serão suficientes para o correto desenvolvimento da lantana. Caso não ocorra muitas pancadas de chuvas, ela pode ser regada com moderação uma vez na semana.

Veja também