Columeia batom (Aeschynanthus radicans): 5 dicas para cultivar e manter sempre florida.

Suzana Machado

Updated on:

Columeia batom

Uma planta que está ganhando cada vez mais destaque para ser cultivada em ambientes internos, é a Columeia batom (Aeschynanthus radicans), muito procurada por conta das características de suas flores, que lembram muito um batom.

Anúncios

Aliás, seguindo alguns cuidados muito práticos, é possível fazer com que a planta possar florir por muitos anos, fazendo com que o ambiente onde ela está sendo cultivada fique sempre encantador.
Imagem: vitrinedoverde

Características da Columeia batom

Assim como o gênero de columeia peixinho, a Columeia batom é muito característica pela forma como desenvolve seus ramos, que tendem a ficar pendentes, que podem chegar a 1 metro de comprimento, além do formato de suas flores que parecem um batom.

Columeia batom
Imagem: vitrinedoverde
Flores da C. batom abertas após floração

É uma planta que pode manter suas flores durante o ano todo, mas que possui sua floração nos meses da primavera, podendo desenvolver flores que podem medir até 4 centímetros. Por isso, prefira usar um vaso suspenso para cultivar a espécie.

Anúncios

Como cultivar a Columeia batom?

1- Exposição a luz

O jardineiro Victor, especialista no cultivo de plantas, comenta que para que sua Columeia batom consiga durar por muito tempo, é importante que assim que a planta for comprada em uma floricultura, ela seja exposta em um ambiente com bastante luminosidade.

Columeia batom
Imagem: vitrinedoverde
Vaso suspenso com Columeia

Entretanto, o ambiente não pode receber a luz direta do sol por muito tempo, nem ser um ambiente com pouca luz. Por isso, prefira escolher um ambiente bem iluminado, que receba a luz fraca da manhã ou do final da tarde, já que o sol forte pode queimar suas flores.

Anúncios

2- Substrato recomendado

Como a Columeia batom não gosta de se desenvolver um um local com muita água, Victor, explica também, que o substrato utilizado para fazer seu cultivo deve ser bem drenado.

3- Frequência das regas

Um dos cuidados mais importantes para que a Columeia batom se mantenha sempre saudável, está na frequência correta de suas regas. O ideal, é que o substrato se mantenha sempre úmido, cuidando para que ele não fique encharcado.

columeia batom
Imagem: belavistaassis

Uma dica, que o jardineiro Victor menciona para que as regas não fujam do ideal, é fazer o teste do dedômetro, verificando se o substrato já está ficando seco e observar se as folhas presentes nas hastes da planta estão saindo com muita facilidade.

Anúncios

Caso as folhas esteja saindo facilmente, é um sinal de que a planta está recebendo muita água, sendo preciso diminuir a frequência para que ela não acabe morrendo.

4- Adubação

Victor recomenda que seja para sua adubação, seja aplicado algum tipo de adubo NPK rico em fósforo. Assim, a Columeia batom irá conseguir florir mais e suas folhas irão crescer com mais vigor.

Columeia batom
Imagem: msplantas_

Você poderá estar utilizando um adubo composto por farinha de osso, torta de mamona ou farinha de girassol, para que a floração fique cada vez mais exuberante.

Anúncios

5- Propagação

Para fazer a propagação da Columeia batom, basta retirar um pequeno raminho da sua planta já adulta e colocar a ponta do ramo em um vaso contendo uma pequena porção de substrato bem drenado.

Em 75 dias aproximadamente, o ramo já estará criando suas raízes, dando origem a uma nova muda.

Veja também

Deixe um comentário