Saiba como cuidar da planta pacová e surpreenda-se com a espécie!

Suzana Machado

Planta pacová

A planta pacová, de nome científico Philodendron martianum, é uma espécie nativa da América do Sul, que se destaca por suas folhas grandes, brilhantes e de formato ovalado.

Anúncios

A espécie é uma planta de fácil cultivo, que se adapta bem a ambientes internos, desde que receba luz indireta e regas regulares. Neste artigo, vamos conhecer um pouco mais sobre essa planta, suas características, origem e um guia para o cultivo em ambientes internos.
Imagem: buannaboechat

Características do Pacová

O pacová é uma planta da família das Araceae, a mesma do antúrio, da costela-de-adão e da jiboia. Essa família é caracterizada por ter plantas com flores protegidas por uma espata, que é uma folha modificada que envolve o espádice, que é a estrutura onde ficam as flores. No caso do pacová, a espata é verde e o espádice é branco.

Planta pacová
Imagem: @apto806

O pacová é uma planta herbácea, que pode atingir até 1 metro de altura. Suas folhas são grandes, ovaladas, com nervuras bem marcadas e de cor verde-escura. As folhas são sustentadas por longos pecíolos, que são os caules que ligam as folhas ao tronco. O pacová tem um crescimento lento e pode viver por muitos anos.

Anúncios

Como cultivar a planta pacová?

1- Iluminação

A planta precisa de luz indireta ao ser cultivada, ou seja, não deve ficar exposta ao sol direto, pois isso pode queimar suas folhas.

Planta pacová

O ideal é colocar a planta próxima a uma janela ou em um local bem iluminado, mas sem sol forte.

Anúncios

2- Substrato

O recomendado, é preparar um solo com uma boa drenagem e que não deixe acúmulos de água nas raízes da planta.

Pacová na kokedama
Imagem: floraateliebotanico

Para conseguir a drenagem ideal ao solo onde ela estará sendo cultivada, você pode adicionar à terra uma mistura de fibra de coco, com casca de pinus média ou areia grossa de construção.

Anúncios

3- Adubação

O pacová precisa de nutrientes para crescer saudável e bonito. Por isso, recomenda-se adubar a planta a cada dois meses, usando um adubo específico para plantas ornamentais ou um adubo orgânico, como húmus de minhoca ou torta de mamona. Siga as instruções da embalagem do produto e não exagere na quantidade.

4- Regas

É importante regar a planta sempre que o solo estiver seco ao toque. Uma dica é usar um palito de madeira para verificar a umidade do solo: se o palito sair limpo, significa que está na hora de regar; se sair sujo, significa que ainda há umidade suficiente.

Anúncios

Evite deixar água acumulada no prato ou no vaso, pois isso pode causar o apodrecimento das raízes.

Principais doenças com o Pacová

Infelizmente, mesmo que seguindo todos os cuidados citados acima, podem aparecer algumas doenças que acabam danificando as folhas da planta, principalmente as doenças causadas por fungos.

Doenças por fungos patogênicos

Devido ao acúmulo natural de água na planta, ela se torna bem propícia para o desenvolvimento de doenças causadas por fungos. Como característica, ela deixa o meio das folhas com uma cor bem marrom e as bordas amareladas.

Anúncios

Para tratar a doença, você pode aplicar em forma de regas uma solução composta por 1 colher de sopa de água oxigenada 10 volumes, em 250ml de água. Se preferir, você também pode borrifar a mistura nas folhas.

Veja também

Deixe um comentário